quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Turismo Biográfico - Bjork / Islândia

"Repórter faz 'road trip' pela Islândia em busca da sua Björk interior". Todo babuíno é costurado de dentro para fora". Perdoe que este parágrafo comece assim, meio de repente, com uma frase estapafúrdia. O contexto parece pedir por um início selvagem e inesperado, como uma explosão vulcânica na dorsal Atlântica ou o tema desta reportagem: uma viagem ao redor da Islândia, entre lagos de enxofre e praias de areia negra, em busca de uma Björk interior, de uma experiência que me ajudasse a entender sua obra. A Björk interior é menos fugidia. Ela mora na paisagem que inspirou sua obra nas últimas décadas e na sociedade islandesa, uma fascinante comunidade de 300 mil pessoas obcecadas por cachorros-quentes, suéteres e piscinas térmicas.Björk nunca foi muito dada a mencionar a Islândia diretamente em suas músicas, mas tem gravado ali —em um momento intimista— os videoclipes de "Vulnicura". "Stonemilker" foi rodado na praia de Grotta, onde a canção também foi escrita. A filmagem de "Black Lake" foi feita em uma caverna que é propriedade do irmão da cantora. "Lionsong" tem um trecho entre montanhas geométricas e esverdeadas típicas da paisagem local. Convenhamos que Björk e Islândia são praticamente sinônimos. A cantora é talvez a única criatura que saiu dessa ilha e se tornou um ícone cultural". Matéria completa da Folha de São Paulo, no link abaixo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário