quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Roteiro Turístico Biográfico III - Madonna / Lisboa - Portugal

"Fui à procura de Madonna mas só encontrei a Dona Fernanda. Entre o Liceu Francês e um autocarro do Fófó, do Pestana Palace aos imóveis mais chiques da Lapa, por Alfama e por WC públicos, Pedro Vieira quis descobrir por onde anda a nova rainha de Lisboa. Last night I dreamt of San Pedro. Mas também com Santa Maria Maior, Santo António e São Vicente, padroeiro de Lisboa. Isto porque Madonna anda mesmo em roda livre pela cidade, numa altura em que é cada vez mais dispendioso alguém tornar-se lisboeta. A rapper Capicua já se cruzou duas vezes com ela, a primeira num restaurante chique na zona da Avenida de Liberdade, a segunda num ateliê de um artista. “De ambas as vezes estava acompanhada por amigos portugueses e fez questão de ser discreta e de evitar fotos”. A capital portuguesa pode ser, de facto, uma Isla Bonita, sobretudo se pudermos enfrentar rendas e compras de imóveis com um encolher de ombros e uma canção trauteada. O que é facto é que Lisboa tornou-se mesmo muito apetecível, trendy, como escrevem as publicações da especialidade, graças à paz, ao pão (saboroso e variado), à habitação (se tivermos orçamento para palacetes), à saúde, à educação (no Charles Lepierre) e ao clima temperado. O que significa que hoje em dia é cada vez mais fácil disputarmos um lugar na esplanada do Jardim das Amoreiras com o Eric Cantona ou um molho de brócolos no supermercado com a Monica Bellucci. Naturalmente Madonna acaba por ser uma espécie de cereja no topo do bolo, para usar a terminologia de Jorge Jesus, nesta espécie de corrida às celebridades, sendo capaz de gerar por si só um manancial de artigos e peças na imprensa, só porque resolveu abraçar a pátria da sardinha gorda e da alfândega céptica. Peças como esta, que tentou seguir os passos da estrela pop em Lisboa, sem direito a avistamentos furtivos ou golpes de sorte, apesar de todo o trajecto ter sido feito a pé". Matéria completa do site Observador, no link abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário