quinta-feira, 30 de junho de 2016

Turismo Biográfico - Henry Ford / Fordlândia - PA

"FORDLÂNDIA – A CIDADE PERDIDA DE HENRY FORD NA AMAZÔNIA. Imagine a situação: você está num barco, navegando o Rio Tapajós, um dos afluentes do Amazonas, há dias de viagem da cidade mais próxima. Por quilômetros e quilômetros, até onde a vista alcança, apenas o azul das águas e o verde da mata. De repente, as árvores se abrem numa clareira e você consegue distinguir algumas construções – algumas casas carcomidas pelo tempo, ruelas tomadas pela vegetação. Intrigado, você desce do barco e se põe a explorar o cenário. O que você encontra não são as típicas habitações de madeira dos ribeirinhos amazônidas. Não, o estilo das casas e construções que sobreviveram, além de detalhes como uma enorme caixa d’água e até alguns hidrantes espalhados pelas calçadas indicam que você está numa típica cidadezinha americana – só que perdida no meio da selva. Parabéns, você está em Fordlândia! Para entender como tudo isso começou, é preciso retornar no tempo até o princípio do séc. XX. Nos Estados Unidos, Henry Ford acabava de criar, praticamente sozinho, a indústria automobilística. Assim, Ford decidiu que precisava produzir látex. Para isso, mandou um representante ao Brasil para negociar com o governo brasileiro. Ora, se hoje a Amazônia ainda é um imenso deserto populacional, quase cem anos atrás isso era ainda mais verdade. O governo tinha todo o interesse em povoar seu território, garantindo sua posse efetiva e incentivando o desenvolvimento da região – especialmente se a empreitada envolvia alguém com o pedigree da Ford. Assim, cedeu à companhia americana uma imensa área de floresta para explorar como quisesse: cerca de 10 mil quilômetros quadrados às margens do Rio Tapajós – para efeitos de comparação, a Bélgica tem pouco mais de 30 mil quilômetros quadrados de território. Fordlândia não é um museu, não espere um desfile de atrações – essa é um lugar para se visitar pelo contexto histórico, para tentar sentir na pele o que foi essa transloucada desventura de Ford, e compreender por que a Amazônia há tanto tempo frusta as ambições do homem". Link da matéria completa no site Chicken or Pasta, abaixo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário